Lotes&Cia » Investimento imobiliário » Conheça a Cidade de Ortigueira, uma das melhores para investimentos no Paraná

Conheça a Cidade de Ortigueira, uma das melhores para investimentos no Paraná

Foto aérea da cidade de Ortigueira nas instalações do projeto Puma Klabin

A maioria dos grandes centros estão com ritmos de crescimento saturados, isto é, está cada vez mais difícil encontrar nos grandes centros oportunidades para investimentos de enormes proporções de crescimento. A economia de várias metrópoles do país também estão com dificuldades para ter um bom crescimento, atrair novas empresas é um grande desafio.

É aí que a cidade de Ortigueira se destaca como um bom exemplo que contradiz alguns números do cenário econômico. Os dados são impressionantes. No Paraná, Ortigueira é a cidade que mais cresceu o PIB. De acordo com o IBGE, a cidade conta com pouco mais de 22 mil moradores. Impressionado com o tamanho da cidade? Certamente você deve estar se perguntando: como uma cidade com menos de 50 mil habitantes é a grande “galinha dos ovos de ouro” para investir? Continue a leitura e irá se surpreender.

Economia de Ortigueira

Até poucos anos a cidade era menosprezada por investidores. Porém, se tornou um dos maiores atrativos para quem pretende investir no mercado imobiliário e nas instalações de empresas. Em 2018, Ortigueira liderou o ranking de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no Paraná. Olha que impressionante: entre 2010 e 2015 a soma de todas as riquezas do município cresceu 294,7%. Saiu de R$ 247,7 mil para R$ 977,5 mil. Parte desse ótimo resultado se deve ao maior investimento privado da história do Estado, a construção da nova fábrica da Klabin.

Em maio deste ano (2019) a Klabin anunciou o projeto Puma 2, nome dado para a segunda fábrica de papel e celulose da empresa.

Cidade de Ortigueira e o projeto Puma 2 da Klabin

A cidade passou a gerar mais empregos, vendas, instalação de novas empresas. Isso está despertando o interessante na região, exatamente por isso que estão surgindo importantes empreendimentos imobiliários, como exemplo, o Reserva da Mata, primeiro condomínio fechado com clube privativo da cidade, que surge para atender a alta da demanda originada pelo forte crescimento da região.

Para se ter ainda mais noção das expectativas na cidade, em 2012 foi inaugurada a Usina Hidrelétrica Mauá, hoje chamada de Usina Hidrelétrica Governador Jayme Canet Júnior. Localizada no Rio Tibagi, entre os municípios de Telêmaco Borba e Ortigueira, consegue gerar até 363 megawatts de energia elétrica, suficiente para atender ao consumo de 1 milhão de pessoas. A construção da hidrelétrica contou com R$ 1,5 bilhão em investimentos.

Outros setores fortes na economia de Ortigueira

Agricultura: a cidade conta com alto desenvolvimento da agricultura e agropecuária, trazendo crescimento econômico e expansão visível para região. A região contempla muita mata nativa e devidamente preservada, o que contribui para o turismo ecológico.

Apicultura: o município é um dos polos na apicultura, rodeada de resquícios da Mata Atlântica e florestas plantadas, Ortigueira tem investido na prática como alternativa de renda que tem gerado produtividade e se tornado destaque pela alta rentabilidade que geram aos criadores. Hoje, o município está entre os maiores produtores de mel do Brasil. Há alguns anos os apicultores receberam certificado de Denominação de Origem (DO) do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), ligado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O certificado é tão importante que reconhece a qualidade e as características do mel, possibilitando exportação, geração de emprego e crescimento econômico.

Pecuária: de acordo revelados em um importante artigo da BeefPoint, no Paraná, a região noroeste do estado concentra a maior produção de carne bovina. A cidade de Ortigueira tem o maior rebanho, com aproximadamente 173 mil cabeças, seguido de Umuarama e Paranavaí, com aproximadamente 142 mil e 137 mil cabeças respectivamente.

Belezas naturais

Interessante notar que Ortigueira está em crescimento sustentável. A cidade é palco de muitas belezas naturais, como a cachoeira Véu da Noiva, tem uma queda d’água de 150 metros de altura, a Serra Pelada e o Salto Dito Gardiano, que são excelentes opções de lazer e descanso.

Na região existem 17 cachoeiras e as imagens formadas pelas quedas d’água são incríveis que proporcionam momentos relaxantes, de passeios com a família ou até mesmo de aventuras radicais com escaladas e belíssimas vistas.

A história de Ortigueira

A cidade foi inaugurada em 14 de dezembro de 1952, pela Lei Estadual nº 790. O nome Ortigueira tem origem da planta Urtiga, possui haste e folhas que produzem prurido ardor na pele, uma erupção cutânea urticante. No processo de construção das primeiras moradias e expansão da agricultura, perceberam o quanto o solo era fértil para a planta Urtiga. Os colonizadores e políticos da época deram ao município o nome de “Ortigueira”.

Compreende agora o quanto a região é uma das mais promissoras do Paraná? Sem sombras de dúvidas hoje é o melhor momento para investir na cidade com aquisição de imóveis e terrenos que tem a se valorizar bastante.

Foto aérea da cidade de Ortigueira nas instalações do projeto Puma Klabin